Saúde

Manchas na pele: o que você precisa saber

Escrito por Drogarias Brasil

Manchas na pele são algo comum, mas que devemos sempre estar atentos para mudanças e aparecimentos repentinos. Sendo a pele o nosso maior órgão e o que está em maior contato com exposições e lesões, é necessário ter um cuidado redobrado.

Continue lendo e descubra quais são as manchas mais comuns, as mais perigosas e os tratamentos e hábitos para evitar tê-las!

as mais comuns

Melasma, melanose, mancha de sol, dermatite, acne e micose são as manchas mais comuns, e felizmente, todas podem ser tratadas ou amenizadas com tratamentos acessíveis.  Primeiramente, precisamos ter claro o que são as manchas e como elas ocorrem.

Os tons de pele são determinados pela quantidade de melanina, que é o pigmento que dá cor à pele, mas alterações hormonais, uso de medicamentos e outros fatores atuam sobre os melanócitos, o que dá origem às manchas no rosto ou no corpo.

Melanoses ou manchas senis: a primeira opção para o caso é a luz intensa pulsada, pois proporciona ótimos resultados. Também podem ser indicados o laser de CO2, peelings e a crioterapia;

Micose: Nesse caso, é indicado aplicar um creme antifúngico na pele, 2 vezes por dia, durante 3 semanas. Quando a área a ser tratada é muito grande, envolvendo todas as costas, pode ser necessário tomar um antifúngico oral, como Fluconazol, sob indicação médica.

Melasma: mais resistente, o quadro possui respostas variáveis aos tratamentos. Atualmente, os tratamentos sugeridos são: peeling superficial, laser Q-switched e microagulhamento.

Acne: Um bom tratamento para uniformizar o tom da pele é passar óleo de rosa mosquetá, 2 a 3 vezes por dia sobre a cicatriz, evitando a exposição ao sol. Mas além disso, também é importante manter a oliosidade da pele controlada, com os tratamentos anti-acne

Tratamento

Cada mancha deve ser avaliada por um profissional antes de ter o tratamento indicado. Mas há um ponto em comum que deve sempre ser levado em consideração: evitar a exposição prolongada e sem proteção ao sol. Os lugares mais afetados pela exposição solar são as mãos, ombros, pescoço e rosto.

Para disfarçar as marcas no dia-a-dia, a maquiagem e os dermocosméticos com cor são as melhores e mais eficazes alternativas. Já para diminuir de maneira prolongada o aspecto visual do quadro, podem ser realizados tratamentos domiciliares com o uso de ácidos e cremes clareadores. Que devem ser acompanhados do uso de produtos a base de vitamina C. Esse tipo de creme potencializa o efeito do filtro solar e auxilia no clareamento.


Considerações

Manter a pele saudável no dia-a-dia requer certos cuidados. Mas seguindo algumas dessas dicas você pode evitar várias complicações. Lembre-se sempre do cuidado com o sol, ele é o maior causador de lesões na pele, mesmo em dias nublados.
Não deixe de continuar lendo as recomendações da Drogaria Brasil. Em caso de surgimento de manchas, não esqueça de procurar um médico da Sociedade Brasileira de Dermatologia para saber qual é a melhor opção de tratamento para o seu caso e tipo de pele.

Sobre o autor

Drogarias Brasil

Deixar comentário.