Saúde

É normal a criança ficar doente nos primeiros anos de escola?

Escrito por Drogarias Brasil

Os pais estão sempre preocupados com a saúde de seus filhos. Quando começam a idade escolar, é mais frequente notar que a criança fica doente com mais frequência.

Na verdade, esse é um fato bem comum, embora alguns casos exijam atenção.

No artigo de hoje, abordaremos esse assunto e você saberá exatamente por que isso acontece e como evitar. Confira!

Criança doente na escola: por que isso acontece?

Para entender por que isso acontece, é preciso pensar no desenvolvimento do organismo infantil. Normalmente, a criança começa a frequentar a creche aos quatro meses, período em que acaba a licença-maternidade. Antes disso, ela está em um ambiente com poucas pessoas e os cuidados com sua saúde costumam ser bem rígidos.

O sistema imunológico de uma criança está em formação até os dois anos de idade. Ao ir para a escola, ela passa a ter contato com outras crianças, que podem estar infectadas pelo vírus da gripe, viroses, resfriados e outras doenças. Com isso, ela se contamina, o que na verdade não é tão ruim, pois faz parte do processo de criação de anticorpos do sistema imunológico.

Isso ocorre mesmo em casos em que a criança só vai para a escola após os dois anos, já que, antes, ela não teve contato com muitas outras crianças e seu sistema não foi completamente formado.

Como evitar?

Embora não exista uma forma de evitar completamente que as doenças sejam contraídas, é possível tomar algumas atitudes para reduzir as chances de contaminação. Também é possível diminuir os danos caso a criança venha a se infectar. Falaremos sobre isso agora.

Analise a escola

Se você for colocar seu filho em uma escola particular, pode escolher com base em algumas características que evitam que ele fique doente mais facilmente. Para começar, prefira aquelas em que são colocadas poucas crianças por sala, e que sejam bem ventiladas e tenham pisos e paredes que podem ser facilmente higienizados.

Além disso, veja se a política da escola inclui que a criança doente deixe de frequentar o local até estar recuperada. Funcionários bem treinados também são capazes de perceber quando há uma criança doente e sabem quais providências tomar. Essas medidas já ajudam muito a evitar que as crianças adoeçam o tempo todo.

Fortaleça o sistema imunológico

Por mais que você tome todos os cuidados, é impossível prever quando seu filho estará exposto a algum vírus ou bactéria. Por isso, manter o sistema imunológico forte é a melhor opção sempre. Ensiná-los a comer bem é a primeira atitude para isso.

Evite os alimentos industrializados e ofereça muitos sucos de frutas, de preferência combinados com um vegetal — como o suco de laranja com couve, por exemplo. Alguns alimentos como a linhaça, a aveia e a quinoa também são excelentes, já que são muito nutritivos.

Não se esqueça de incluir proteínas na dieta, que podem ser carnes ou leguminosas (grão-de-bico, lentilha, feijão). Elas contêm zinco, que é ótimo para o fortalecimento do sistema imunológico. Se possível, consulte um nutricionista e peça ajuda para criar uma dieta de acordo com as necessidades da criança.

Mantenha a vacinação em dia

As vacinas sempre ajudam a evitar diversas doenças e por isso são tão importantes para os pequenos. Lembre-se de olhar sempre a caderneta de vacinação e deixá-la em dia, além de comparecer às campanhas que surgirem.

Quando é necessário se preocupar?

Apesar de ser comum, caso você perceba que a criança fica doente com muita facilidade ou que os sintomas são muito fortes, é importante consultar um pediatra. Esse especialista pode acompanhar os casos e identificar caso algo esteja fora do normal.

Apesar de tudo, a escola é importante e pode agregar muito no desenvolvimento infantil. Por isso, os pais não devem ter medo de matricular os filhos. A única recomendação é que, caso seja possível, espere a criança completar dois anos.

Caso exista a necessidade de que ela entre na escola antes, não tem problema. Mesmo que possa acontecer de você notar a criança doente, com os cuidados que citamos, seu filho poderá se desenvolver com saúde.

O artigo foi útil? Então curta nossa Fanpage no Facebook e tenha acesso a outras informações interessantes como esta!

Sobre o autor

Drogarias Brasil

Deixar comentário.